15 de jun de 2012

Bem-me-quer, mal-me-quer.












Quantas vezes por dia você se olha no espelho? Nunca contou? Se você é daquelas mulheres que não podem ver uma superfície refletora que vão logo dando uma conferida no visual, você não é a exceção, é a regra. Segundo uma pesquisa da empresa britânica de cosméticos Simple Skincare, as mulheres se olham no espelho, em média, oito vezes por dia. E se um espelho não estiver à mão, vale tudo: retrovisor, janela de carro, óculos escuros, tela de smartphone, vitrine. O estudo, feito com duas mil britânicas, mostra que temos compulsão em checar nossa imagem.
Excesso de vaidade ou a mais pura insegurança? A pesquisa é curiosa por constatar também que, embora as mulheres não consigam deixar a própria imagem em paz, 75% das entrevistadas odeiam se olhar no espelho. Ou seja, precisamos nos ver, mas isso não é necessariamente prazeroso.
Antes que alguém nos taxe de paranoicas, me apresso a dizer que achei esse número – 8 – extremamente conservador. Eu estou fácil, fácil acima da média. Você não? E tenho uma teoria: mirar nossa imagem nos deixa mais perto de nós. O espelho reflete muito mais do que nossa aparência. É através dele que vislumbramos nossas emoções – uma alegria palpitante que faz corar as bochechas, uma tristeza que mal conseguimos disfarçar, um medo difuso diante do desconhecido.
Num dia ele é amigo; noutro, vilão. É tão caprichoso como nós e não faz concessões. Tanto que às vezes é preferível se fingir de morta e passar longe dele porque ele não vai revelar nada que a gente já não saiba. O espelho é que nem foto do Facebook em que alguém nos marcou sem avisar e agora é tarde demais. Ele capta nossos piores ângulos, nossa fragilidade, os traços de nossas desilusões.
Mas reflete também o que há de mais luminoso em nós: um brilho do olhar, um sorriso maroto, um trejeito tímido. Tenho um pacto com ele. Nos bons dias, deixo que me elogie. Nos maus, peço que me perdoe a falta de graça. Quer saber? O espelho não seria nada sem o nosso olhar. Olhe-se a cada dia com olhos amistosos – e se dê um desconto.    

Segundo uma pesquisa, as mulheres se olham no espelho, em média, oito vezes por dia.


Jornalista: Beatriz Alessi

Nenhum comentário:

Postar um comentário