25 de nov de 2011

25 de Novembro - Dia do Doador de Sangue.















Dia 25 de novembro é o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. A data criada em 1964 com o objetivo de valorizar a doação voluntária, é um ato simples e salva muitas vidas. Mas será que temos o que comemorar?
A verdade é que todo dia é dia de praticar  a cidadania e solidariedade, todo dia é dia de fazer o bem sem olhar a quem, ou seja, todo dia é dia de doar sangue e salvar vidas. No entanto, no dia 25/11 é comemorado o Dia Nacional do Doador de Sangue e as campanhas de incentivo à divulgação se intensificam nessa semana.
Embora a ciência avance a cada dia, ainda não foi descoberto um substituto artificial para o sangue. Acidentes ocorrem, cirurgias e outras patologias as quais se faz necessário que o paciente receba uma quantidade de sangue para sobreviver. Quem nunca precisou receber uma doação de sangue para si mesmo, eu tenho certeza que tem algum familiar ou amigo que já passou por essa situação. Não doe sangue somente nessas condições, você pode doar sangue a cada 3 meses (se for mulher) e 2 meses (se for homem*).
Doar sangue não dói, não faz mal, não demora e não custa nada!
O que é necessário para poder doar?
Ter entre 16 anos e 68 anos (doadores entre 16 e 17 anos com consentimento formal do responsável legal);
Ter peso acima de 50 kg;
Se homem, não pode ter doado há menos de 60 dias;
Se mulher, não pode ter doado há menos de 90  dias;
Ter passado pelo menos três meses de parto ou aborto;
Não estar grávida ou amamentando;
Estar alimentado e com intervalo mínimo de duas horas do almoço;
Ter dormido pelo menos seis horas das 24h que antecedem a doação;
Não ter feito tatuagem, piercing ou acupuntura há menos de um ano;
Não ter recebido transfusão de sangue ou hemoderivados a menos de um ano;
Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 24 horas que antecedem a doação;
Não ser usuário de drogas;
Não ser portador de doenças infectocontagiosas como sífilis, doença de chagas e HIV.
Doe sangue e passe essa bola.
Faça uma doação de sangue voluntária ou, ao menos, pesquise mais sobre essa idéia e pense a respeito.
Caso você não possa doar sangue por algum motivo, converse a respeito com algum familiar, amigo, colega, conhecido que possa doar e indique que ele faça uma doação.
Se você for doar, já estará fazendo a sua parte, mas se conseguir levar mais alguém contigo, melhor ainda. Troque o programa de um dia no fim de semana por uma ação solidária.
E, acima de tudo, lembrem que cada pequeno gesto nosso reflete no mundo. Nós temos que ser a mudança que queremos ver no mundo.



Um comentário:

  1. LINDO!!!

    Em conteúdo e desing, parabéns:)

    Passei para te conhecer e oferecer um espaço para ti em meu Blog.

    Bjos

    ResponderExcluir