21 de nov de 2011

QUEM SOU EU?


Uma mulher incomum.
A luz e o breu...
Exótica e comum. 
Sim,isso é possível!
Sou oscilante.
As vezes erro,em outras sou incrível!
Eterna inconstante... 
Amo infinitamente!
Apaixono-me...Enlouqueço.
De corpo,alma e mente!
Que até de mim eu esqueço. 
Meus olhos são um poço infinito...
De amor,encantamento,bondade...
Olhe-os por um minuto!
E verás toda verdade. 
Eu não sou perfeita...
Nem dona da verdade!
Mas sou dona de mim.
Dona das minhas vontades. 
Só espalho minha essência no ar...
Meu amor...Meus desejos.
Escrevo o que minha alma grita...
Goste quem gostar. 
Eu sou alguém que você pode contar
Sempre.
Alguém que vai te fazer rir...
E também chorar. 
Porque sou transparente.
Sou verdadeira.
Amiga...Amante...
Guerreira. 
Te darei a mão...Colo...Abraço
Te darei meu coração. 
Eu não sei amar pouco
Ser pouco...
Dar pouco...
Ser mulher pouco. 
AMIGA POUCO!
Sou uma mulher que se conhece e se permite!
Alguém que ousa e arrisca.
Uma mulher que ri...chora...ama!

Carolina Salcides.

3 comentários:

  1. Beautiful Poetry! Thank you for sharing and Hope you have a wonderful week! Love to You!

    ResponderExcluir
  2. This is a powerful poem. It hits a chord.
    Wishing you a joyful week full of creativity
    Helen xx

    ResponderExcluir
  3. Lovely poem, that hits at the centre of the heart...
    I send you all my love!

    ResponderExcluir