22 de mar de 2011

Nem tudo o que tem muitas calorias deve ser tirado do cárdapio

Stock Photos  / 
Alimentos apontados como ruins para as dietas podem ter agora sua redenção. Em uma reportagem publicada no site WebMD há uma lista com as vantagens de alimentos como ovo, carne vermelha, massa e café, vistos como perigos das dietas.

Confira abaixo:

Ovos: não há alimento mais polêmico, mas estudos recentes apontam que os ovos têm 14% menos colesterol hoje do que em 2002. Por ter bastante proteína, o ovo demora a ser digerido e mantém o estômago cheio por mais tempo.

Bife: durante anos a carne vermelha foi considerada o terror das dietas, mas um bife tem só um pouco mais de gordura saturada que um pedaço do mesmo tamanho de peito de frango sem pele, mas a sensação de saciedade é maior.

Carne de porco: os cortes de lombinho hoje são 31% mais magros que há 20 anos, o que faz com que esta carne branca seja uma fonte de proteína magra e saudável.

Massa: em vez de evitar, troque os grãos e opte por massa integral. Pesquisas mostram que pessoas que comem várias porções de alimentos integrais por dia têm mais chances de se manterem magras.

Castanhas: são ricas em gordura, mas da boa! E ainda são ricas em proteínas e fibras, que ajudam a estabilizar o açúcar no sangue.

Café: sem creme nem açúcar, o café acelera o metabolismo sem adicionar calorias. Estudos indicam que a cafeína de duas xícaras de café pode levar uma mulher de 65Kg a queimar 50 calorias em quatro horas.

Evite o efeito-sanfona.        

Nenhum comentário:

Postar um comentário